I might be okay
but I'm not fine at all
“Seu rosto parecia estar marcado por mil ressacas e mil tragédias.”
Charles Bukowski - Ao Sul de Lugar Nenhum.

“Vai meu filho. Acostume-se. Nem todo mundo é bom, nem todo mundo é ruim. Nem toda paixão é amor. Você tem que se acostumar. Vai doer, vai sangrar, você vai chorar mas vai aprender que todo mundo precisa de uma cicatriz de guerra. Essa é a sua, e tenha certeza alguém vai amar ela, assim como você.”
Leite com chá.  


“E eu continuo porque a chuva não cai só sobre mim.”
Capital Inicial.

“Você é a única coisa que eu tenho e que aparentemente me faz bem. E isso me dá um medo danado, porque olha, de todas as coisas que eu já tive, todas elas, juro, todas, não estão mais comigo. Aí eu fico com medo de perder você. E eu não sei se já te disse isso alguma vez, mas eu não quero perder você.”
Cibele Sena. 

“Hoje, deu vontade de chorar e eu só queria um colo para encostar minha cabeça e fingir que o mundo lá fora não existe. Hoje eu queria um abraço daqueles que te sufoca de tão apertado e ao mesmo tempo te protege de tudo. Hoje eu só queria ouvir “eu liguei pra saber se você tá bem” pra sentir uma dor menos doída dentro do peito.”
Caio Fernando Abreu. 


“Eu engoli tanto choro, que acabei me afogando por dentro.”
Gabriel Oliveira. 

“Me desculpe, eu sempre quero falar com você. Sinto muito quando demora muito para responder, eu fico triste. Me desculpe se eu digo coisas que podem te chatear. Me desculpe se eu sair como irritante. Sinto muito se você não quer conversar comigo tanto quanto eu quero falar com você. Me desculpe se eu penso em você muito e muito frequentemente. Me desculpe se eu digo coisas insignificantes. Me desculpe se eu te falar sobre meu drama sem sentido quando você realmente não se importa. Me desculpe se eu sair como sendo pegajosa, mas é porque eu gosto de você.”
Anônimo. 

“Ele não sente a minha falta. E esse é o problema. O problema é ele não sentir, e eu sentir demais. O problema é ele conseguir rir de piadas sem graça, sair num sábado a noite e agir como se nada tivesse acontecido… E eu não conseguir fazer o mesmo.”
Robin and Stubb.

THEME